X um projecto | a project

X um projecto | a project

Friday, 30 September 2011
rep 02
X, 2009
(a partir de um frame de “Rep√≥rter X” de Jos√© Nascimento)
Friday, 30 September 2011

X, uma performance de Susana Mendes Silva

S√°bado, 15 de Outubro, 12h15
Domingo, 16 de Outubro, 12h00
Saída da Livraria CE Latina

 

serralvesPara o festival¬†Trama, Susana Mendes Silva retoma – depois da instala√ß√£o e performance na Marz Galeria (que se situa na Rua Reinaldo Ferreira em Lisboa, em 2009) e do jornal¬†Reporter X, no √Ęmbito de¬†Obra de Papel, Guimar√£es Capital da Cultura (publicado em 2011) – o seu fasc√≠nio por Reinaldo Ferreira (1897-1935), que foi o criador e mentor de ‘Rep√≥rter X’, um jornalista conhecido dos anos trinta que fabricava reportagens e cr√≥nicas palpitantes sobre homic√≠dios, assassinos, vil√Ķes, intrigas e outros¬†fait-divers¬†para diversos jornais, tais como o ABC e o Primeiro de Janeiro. Redigidos e impressos como not√≠cias ver√≠dicas, estas reportagens eram na sua grande maioria fruto da imagina√ß√£o de Ferreira e a sua equipa de colaboradores, a quem ensinou a arte de ‚Äúreporterxizar‚ÄĚ. Fascinados, os leitores acompanhavam os relatos ou eventos encenados por este infame rep√≥rter como se fossem verdade, pois este at√© acertara em algumas das suas revela√ß√Ķes. Para al√©m de escritor de fic√ß√£o e jornalista foi tamb√©m dramaturgo e realizador de cinema, com filmes como¬†Rita ou Rito?¬†e¬†O T√°xi n¬ļ 9297. ¬†Reinaldo viveu e trabalhou no Porto desde o final de 1920 ao in√≠cio da d√©cada de 1930, imaginando futuristicamente que no ano 2000 esta poderia vir a chamar-se Portogaia…
A performance é construída a partir de um percurso na cidade pontuado por um lado narrativo e de evocação de memórias do Reinaldo Ferreira/ Reporter X. O percurso só será revelado durante a performance, mas poderá fazer a sua investigação pessoal a partir dos links neste blog.

 

No Cinema Passos Manuel:
Sexta, dia 14 de Outubro, 19h00
Cinema e conversa

serralves
A sess√£o ser√° seguida de uma conversa com o realizador.

 

Previous post LOBOS na Cinemateca
Next post TERRA DE PÃO,TERRA DE LUTA na Cinemateca