José Nascimento

 

Começa a trabalhar em Cinema como assistente de realização no filme “ Perdido por Cem “de António Pedro Vasconcelos e “ O Mal Amado “ de Fernando Matos Silva. Depois do 25 de Abril realiza documentários para os programas Ensaio e Impacto (RTP 1 e RTP 2) com a colaboração literária de Alexandre O’Neill, Álvaro Guerra e Alface. É sócio fundador da Cinequipa – Cooperativa de Cinema Experimental (1974). Monta vários filmes, entre eles, Cerromaior de Luís Filipe Rocha, “ O Bobo ” de José Álvaro Morais, “Paraíso Perdido” de Alberto Seixas Santos e “ Aqui na Terra ” de João Botelho. Realiza para a televisão as séries “Binário” (série de filmes musicais), “Ecran” (magazine de cinema), “TV Artes” (magazine de artes plásticas). É professor de Montagem na Escola Superior de Cinema do Conservatório Nacional entre 1981 e 1987. Realiza para o cinema as longas metragens “Repórter X”, “Tarde Demais“, “Lobos” e ”T2QUARTOANDAR” para o Festival Temps d’Image. Orienta workshops “Curta Metragem” para a Semana de Cinema Europeu da Covilhã, para o Festival de Cinema Europeu de Angra do Heroísmo e para a Escola de Cinema da Universidade da Beira Interior.